Notícias

Bolsas de Mestrado na China | Candidaturas abertas até 30 de abril

 
As bolsas China Three Gorges Corporation (CTG) têm por objetivo estimular os recém-diplomados da Universidade de Lisboa a prosseguirem os seus estudos pós-graduados em Universidades da China, contribuindo para a valorizar formação de nível superior fortemente ancorada na investigação, para a valorização social e económica do conhecimento e a participação ativa no progresso das comunidades.

Cerimónia de Abertura do Curso de Língua Chinesa (Mandarim), no passado dia 6 de março, no auditório C1.13, Escola Superior de Saúde/IPS

programa em anexo.

Tai Chi Chuan | Forma 18 . Estilo Yang

 

 3.ª e 5.ª feira - 13h - 14h

07mar. - 09abr - 2019

Sala - PN 15

 

  • Estudantes do Ensino Superior/Estudantes ICUL – 10€
  • Trabalhadores/docentes do E.S. e Alumni da ULisboa – 15€
  • Outros - Externos - 20€

 

Inscrição: preenchimento de ficha 
Local: Sala PN 15
Pagamento: Tesouraria da Fac. Letras

 

Tai Chi Chuan | Forma 18 . Estilo Yang

O Tai Chi Chuan é uma arte marcial chinesa enquadrada nos estilos suaves ou artes internas. Os seus movimentos são desenvolvidos a um ritmo lento que a marca e distingue das restantes artes marciais. Além da cadência, esta disciplina é caracterizada pelos movimentos circulares que em continuidade promovem a circulação do Chi/Qi ou energia, permitindo que todo o corpo se mobilize no sentido de aumentar a eficácia de cada movimento

A Forma 18 é uma sequência de punhos, com movimentos de estilo Yang, em que a própria sequência entra em rotatividade, sendo possível executá-lo num espaço curto de tempo ou prolonga-la indefinidamente.

Mafalda Costa | PROFESSORA

Nasceu em Lisboa, em 1976. Iniciou a prática de artes marciais chinesas em 1997 com o mestre Wu Xuan no Instituto Superior Técnico.

A sua formação foi desenvolvida desde então segundo os ensinamentos do mestre Wu Xuan e centrou-se nas artes externas, o Kung Fu tradicional, no entanto desde 1999 que paralelamente foi acrescentando as artes internas neste seu percurso, como Tai Chi, Chi Kung, Ba Gua e Xing Yi.

Também em 1999, com o apoio da Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas, introduziu nas suas práticas o Wushu de competição, uma variante do Kung Fu tradicional, com carácter mais acrobático e menos marcial, através do mestre Zan Fan.

Participa desde 1998 em diversas competições nacionais e internacionais, com rotinas tradicionais e de wushu moderno tanto em artes internas como externas.

Começou a ensinar Kung Fu no Sport Algés e Dafundo em 2003, tanto na vertente tradicional como na vertente competitiva.

Em 2010 participou na viagem à China com alunos de Lisboa do mestre Wu Xuan, que lhe permitiu experimentar a prática das artes marciais chinesas no seu ambiente tradicional.

Desde então iniciou o projecto da escola Folha de Bambu, onde procura promover os ensinamentos do mestre Wu Xuan, conciliando artes externas e internas.

Jan. 11

Instituto Confúcio

O Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa deseja-lhe um Feliz Ano Novo Chinês e Um Ano do Porco Afortunado!

ICUL no Facebook